O jeito brasileiro de celebrar o Ano Novo com todas as suas superstições

Ano novo significa novo ciclo. No Brasil, significa novo ciclo celebrado com uma festa linda, mágica e cheia de fé. Não são raros os relatos de estrangeiros que passaram a virada por aqui, ou mesmo de brasileiros que já passaram o Réveillon fora do Brasil, e que contam que a festa de ano novo mais se assemelha a um ritual de purificação coletiva. De fato, naqueles minutinhos finais antes da meia noite somos tomados por uma expectativa e unidos por uma energia muito positiva. E ali, naqueles minutinhos finais, também fazemos nossos pedidos e algumas “simpatias” para alcançar nossos sonhos no ano que virá.

O jeito brasileiro de viver o ano novo é intenso e expansivo, cheio de rituais, símbolos e superstições. Já imaginou um ano novo sem fogos de artifício? Sem vestir-se de branco? Sem usar lingerie nova? Sem comer uva, lentilha, romã? Sem pular 7 ondas?
Mas de onde vieram esses símbolos e superstições, e o que eles significam?

MARI KALIL: Técnica do pano: proteção para os cachorros contra os barulhos dos fogos de artifício

Assim como o Brasil foi (e ainda é) formado por diferentes culturas, essas práticas de ano novo também têm diferentes origens. O ano novo brasileiro é uma grande mistura cultural. Olhem só algumas superstições comuns nas festas de ano novo:

lentilha-620x326COMER LENTILHA
Foi trazida para o Brasil pelos imigrantes italianos, e significa fortuna e fartura

Comer nozes, castanhas, damascos
Chegaram ao Brasil pelas mãos dos imigrantes de origem árabe, e representam fartura, abundância.
Colocar uma nota de dinheiro dentro do sapato
Esta é dos orientais, que acreditam que a energia entra em nosso corpo pelos pés. Colocando o dinheiro lá, a energia se transformará em riqueza.
Vestir roupa branca
Crença que vem das religiões africanas praticadas aqui no país e é utilizada para trazer luz e paz ao ano novo.

MARI KALIL: Seis receitas místicas para atrair sorte na virada do ano

Comer uvas
Este ritual veio com os portugueses e quer dizer prosperidade.
Acender velas na praia
Esta é uma oferenda das religiões afro-brasileiras, para Iemanjá, com o propósito de ter saúde e amor o ano todo.
Comer romã
De origem árabe, mas chegou ao Brasil pelos portugueses. A superstição funciona assim: coma os gomos e guarde as sementes na carteira. A intenção é trazer sorte e dinheiro.
Fogos de Artifício
Os fogos de artifício são uma forma mais moderna de fazer barulho. Os povos antigos acreditavam que fazer barulho espantava maus espíritos.
Pular 7 ondas
Também ligado a religiões africanas, o ritual homenageia Iemanjá, e o seu objetivo é abrir os caminhos.

É curioso perceber que os significados presentes nessas práticas são desejos universais do ser humano. Vai ver que é por isso que se tornaram tão populares. E vai ver que é por isso que essa mistura toda é capaz de produzir uma festa tão mágica. A magia está em desejar o bem e deixar-se contagiar. Agora, se você quiser comer uma uva, ou pular as 7 ondas, pode ser bem divertido e mal não vai fazer, não é mesmo?

Compartilhar
Priscilla Guimarães

Priscilla Guimarães

É analista cultural. Gosta de estudar os porquês da vida, o sentido das coisas. Se dedica a entender as formas de expressão e os significados da cultura. Hoje é sócia diretora na City - consultoria de pesquisa em comportamento humano que tem o propósito de trazer novas perspectivas sobre a sociedade para dentro das empresas. Também coordena a Clínica do Subterrâneo, workshops filosóficos organizados pela City, com o objetivo de trazer conhecimento das ciências humanas para as práticas empresariais. Ainda é sócia diretora na Comunidade Criativa, plataforma de co criação de produtos e serviços que une consumidores e marcas. É graduada em jornalismo e mestra em comunicação social. Já trabalhou com produção de TV, redação jornalística e publicitária, planejamento de comunicação e marketing. Foi professora de graduação e pós graduação. Morou em Paris. Faz psicanálise há 13 anos. Faz ballet e treinamento funcional. Pra relaxar, viaja, faz amigos e mergulho amador.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Né?! 👌🏻 #nãosejaumadelas
  • O melhor pai que esses peludinhos poderiam ter 🐶♥️🐶
  • Feliz Dia dos Pais ♥️ Faltou tu @luciakalil
  • #blackisbeautiful 🖤 #porai #bandmulher #transformaçãododia #twentyfoursevenpoa
  • Quem sabe ainda sou esta garotinha. Porto Alegre, 1979 #tbt
  • Muito prazer, Half-Tuck! Sou o estilo do momento de usar camisas e a Mari já sabia disso há 20 anos. É antenada essa guria, vai dizer?👌🏻🤣 Detalhes no blog e no Stories! #amigamari #camisa #halftuck #tendencia2018