Aventuras e desventuras de férias

Faz hoje exatamente cinco dias que cruzei a fronteira e vivo refugiada do Carnaval na terra do Mujica. Se fiz uma boa viagem de carro? Posso dizer que nos primeiros 200 quilômetros achei que não chegaria viva. Gostaria que os senhores governantes deste Estado dessem uma olhadinha em como anda o asfalto ali pela região da Barra do Ribeiro e arredores depois que as cancelas do pedágio foram levantadas e depois do calor escaldante que fez nesse canto sul do mundo.

MULHER DANDO MORALPASSEM O QUE EU PASSEI PRA VER O QUE É BOM

Me senti em um trem fantasma dentro de um carro desgovernado tentando fugir de asfalto derretido e esburacado a cada 500 metros. Então fiquei pensando que grande parte da produção agrícola desse mesmo Estado passa por aquele chão que mais parece um mingau revirado. E então fiquei pensando em como ficará o mingau revirado depois que caminhões e mais caminhões começarem a ir e voltar do Porto de Rio Grande levando soja para exportação. E então fiquei pensando no José Dirceu absolvido da formação de quadrilha, naqueles ministros comprados do STF e no povo alienado a tudo balançando o leco leco no Carnaval.

bento clássicaÉ LEPO LEPO

E então fiquei pensando o que eu fiz para ter um animal que sabe de cor a letra e a coreografia do tal lepo lepo. E então cheguei à conclusão que faz sentido mesmo ele saber de cor a coreografia do verão 2014 uma vez que seu maior orgulho é ser proprietário de um colar de mano. Como se não bastasse, Olivia entrou na onda do animal e tornou-se conhecida no Uruguai por dois apelidos: Olivinha Ostentação e Negrolivia.

olivia DA SÉRIE “UMA IMAGEM VALE MAIS DO QUE DOIS APELIDOS”

A chegada a Punta del Este foi motivo de comemoração. Comemoração pela sobrevivência na estrada de mingau revirado. Chegamos direto no Flo Café, na Barra.

Flo-1AQUI SENTAMOS
(Só pra não perder o costume, roubei a fotinho dos meus amigos Destemperados, que também amam o Flo)

Conheci o Flo há uns cinco verões, quando Chico e eu sentamos ali descompromissadamente para tomar um clericot e experimentamos o melhor clericot do mundo, servido com vinho verde. O clericot de 2014 não leva mais mais vinho verde, mas sauvignon blanc.

Olha!

clericot OOOOOOHHHHHHH!!!!

Achamos por bem beliscar alguma coisinha, pois bebíamos, bebíamos, bebíamos e a jarra nada de baixar de volume. Encontramos uma entradinha interessante no cardápio: Siete langostinos. Calculei que o nome do prato significava ípsis literis seu conteúdo: sete camarões. Na verdade, nos mandaram um de brinde. Os oito camarões vieram acompanhados de uma saladinha de rúcula muito saborosa e um molhinho todo especial.

Olha!

camarao OOOOOHHHHHHHH!!!!
(A foto ficou meio escura e não tenho filtro nem photoshop para clarear um pouquinho… Mas dá pra ter uma ideia, né?)

Mandamos um Whats App pra casa pra avisar que já havíamos chegado de viagem e que estávamos num pit stop na Barra, ao que a mãezinha respondeu:
– E o Tchu?

bento clássicaO TCHU SOU EU

– Está aqui embaixo da mesa olhando o movimento e se divertindo – respondi.
E resolvi tirar uma foto do animal.
– Bento, olha aqui, vamos mandar um “oi” pra vova!


foto-104 OI, VOVA

(Foto desfocada e, de cantinho, o Crocs do Chico)

Algumas horas antes, na parada nos free shops do Chuí, a cena se repetiu. Mãezinha quis saber onde estávamos, eu respondi que comprando vinhos na Neutral.
– E o Tchu? – ela quis saber.
– Está dentro do carrinho com os vinhos – respondi.

Olha!

freeshopPISADA DAS MÉDIAS

Nesses outros dias de férias, pouco fomos à praia, pois o tempo não ajuda – o que, cá entre nós, não me incomoda nem um pouco. Conheci a loja Gala, viu, Leticia? Um encanto! Uma loja completamente artesanal, cheia de bijus com muita imaginação. Também achei as bolsas da loja lindíssimas. Comi vários pratos de rabas a la romana, mas nenhum deles igual ao do Rex.


Rex Chiviteria02MUITO PRAZER, SOU O REX

(Talvez a foto fiquei meio grande demais, mas estou sem photoshop…)

bento clássicaEU FUI JUNTO

Bento foi junto e muito bem recebido no Rex. Ganhou um pratinho de água e um pão italiano.

bento clássicaPREFERI AS RABAS

Sim, preferiu nossas rabas.

bento clássicaEU ADORO RABAS

Nessas férias no Uruguai, o animal vem satisfazendo todas as suas vontades. Devora rabas, assados de tira, passeia pelo porto, é reconhecido por fãs na Calle 20 (sim, ele foi reconhecido por uma moça que gritou: “Ele é o Bento!”). Só que o comportamento do animal não anda condizente com tudo o que temos feito por ele. Assim como Olivia, também ganhou um apelido: El Rubio (O Loiro, em tradução livre).

bento clássicaPISADA DAS GRANDES

Tudo o que El Rubio não faz em sua casa em Porto Alegre, deu para fazer na casa dos avós em Punta: xixi nos quatro cantos do apartamento. Xixi nos tapetes, xixi nos vasos, xixi no hall de entrada, xixi na sacada e até xixi na colcha dos vôvos.

bento clássicaESTOU DEMARCANDO TERRITÓRIO

El Rubio vem com essa ladainha de demarcar território, mas é tudo falta de vergonha na cara e sem-vergonhice. As mucamas que limpam os apartamentos do prédio (as autoras do apelido do animal) não podem ver El Rubio nem pintado de ouro.

bento clássicaELAS ME ODEIAM

Eu não acho que chegue a tannnto, mas admito que elas não ficarão nem um pouco tristes quando tu for embora.

bento clássicaE O VÔVO?

O vôvo vai soltar foguetes de felicidade.

bento clássicaPISADA DAS MÉDIAS

Sem mais delongas, tenho a dizer que nesta terça-feira de Carnaval chove e venta bastante em Punta. Um péssimo dia para ostentar minha nova franja por aí. Aliás, se franja tem alguma serventia extra, descobri que é para me ensinar a posição para onde sopra o vento. Franja para a direita, vento Norte; franja para a esquerda, vento Sul. Nunca mais precisei perguntar esse tipo de coisa para o Chico.

bento clássicaELE AGRADECE

Sem mais delongas, tenho a dizer que nesta terça-feira de Carnaval, no momento em que o relógio marca quase duas horas da tarde aqui (uma hora a menos no Brasil), eu acabo de tomar café da manhã e percebo a aproximação lenta e silenciosa do meu querido pai, que tomou seu café há quase oito horas e aparenta uma certa fome. Meu pai se aproxima de mim e cochicha baixinho.
– Tu sabe se o pessoal tomou café agora?
– Tomou, pai. Por quê?
– Se eu fizer uma morcilha, tu acha que tem saída?


Hot-Dog-Cupcakes-14MUITO PRAZER, SOU UM EMBUTIDO RECHEADO COM SANGUE E GORDURA DE PORCO DEPOIS DO CAFÉ DA MANHÃ DO PESSOAL!!

Então, eu raciocino rápido e penso: quem sou eu para podar esse prazer do meu pai em férias. E minto baixinho.
– Acho que eles vão adorar!

bento clássicaEU TENHO CERTEZA

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.
  1. Adorei saber das aventuras da grande família. E até os destemperos urinários da Olívia me fizeram rir imaginando a cara dos anfitriões ;) ! Aqui – agora estamos ao Norte, muita chuva pela manhã e agora um sol desanimado, mas felizmente o tempo está fresco. Beijos e divirtam-se!

  2. Oi Mari,
    Achei que ia encontrar o Bentinho nesses dias friozinhos aqui em Punta, mas não tive esta felicidade. Em compensação encontrei nas farmácias o shampo a seco que comentaste em outro post, o Klorane, é muito bom! Deixou minha franja uma maravilha, valeu a dica! Bjs.

  3. Mas o Bento tá lindo e posudo com esses vinhos, hein??
    Caso ninguém queira também aceitamos a morcilha por “acá”, hahahahaha!!

    Ótimo passeios pra vocês!!

    Bjus

  4. Oi Mari. Que legal que foste na lojinha. E aí, comprou um super brinco para ti?? Aqueles étnicos ficariam lindos com teus cabelos novos. e com os louloux, eles super combinam, tbm.. Casualmente, nesta quarta de cinzas estou com um dos maxi da Gala pendurados nas orelhas. Para animar o retorno ao trabalho…e lembrar do Uruguai…BJs!

  5. Gosto muito do se blog.
    Mas senti um ponta de preconceito na parte “negrolivia”.
    Tomara que eu esteja enganada e uma pessoa tão antenada como você não seja racista.

  6. Mari

    Já faz 4 anos que moro na fronteira sul do Estado e passo com frequência pela BR 116, pois minha família segue pela capital.

    Desde o início das obras de duplicação, a estrada já não está mais a mesma… muito menos a viagem – cada vez mais cansativa e demorada.

    Além disso, há a questão do pedágio: desde que levantaram as cancelas, aquele trecho de Barra do Ribeiro está horrível mesmo!

    Por isso, e por outros motivos (claro!), peço ao Papai do Céu que me conceda a graça de voltar para perto da minha família (e das coisas boas que Porto Alegre nos oferece)!

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.