Companheiro, companheiro vem…

Eu queria vir por meio desta falar sobre minhas novas galochas da Crocs, cor azul, de cano alto, mas desde que resolvi mencionar que fui uma adolescente que correu atrás do Nill não tenho tido paz. Não, eu não gostava de Menudo. Também não gostava de Beatles nem de Rolling Stones. Aliás, nunca gostei e nunca gostarei de Beatles. Adoro Rolling Stones. E já corri atrás do Dominó.

HÃ!??
PODE REPETIR, MARIANA?

DOMINÓ!!

Lembram do Menudo? Lembram do Tremendo? Lembram do Dominó? Pois é. Eu não cheguei a ser uma Cristiana Oliveira que namorou um Polegar daqueles, mas tinha os adesivos starfix no teto do meu quarto, que brilhavam no escuro, e quando eu apagava as luzes para dormir as estrelinhas formavam um coração reluzente que eu tinha feito empoleirada em um banco em cima da cama onde podia se ler: “Mari & Nil”.

AINDA BEM QUE EU AINDA NÃO TE CONHECIA

Eu vinha falando que meu propósito não era usar este espaço nobre do meu blog, um local de gente séria e decente, para admitir que eu amava o Nill, mas desde que mencionei que ele foi uma grande decepção amorosa, pois de pop star virou seminarista, tenho recebido e-mails e comentários embasbacados de meninas e mulheres que me pedem para explicar melhor essa história.

GOSTAVAM DO NIL TAMBÉM, NÉ??!!

TINHAM VERGONHA DE ADMITIR, NÉ??!

Vocês não sabiam que o Nil tinha virado seminarista, pastor, padre ou algo do gênero? Pois virou. Hoje é conhecido como pastor Lenilson dos Santos. Se converteu ao Evangelho.Vocês acham que é brincadeira minha? Olha o Nill pastorando!

OOOOOOOOOOOHHHHHH!!!

E o que ele diz:
– Estava perdido, sem rumo na vida. É horrível ter tudo o que as pessoas desejam e ainda assim não ser feliz e não ter paz. Eu queria deixar tudo aquilo, mas não tinha forças para agir. Foi então que me lembrei do que havia apreendido quando eu ainda era criança. Percebi que somente uma pessoa poderia resolver esse dilema em que eu me encontrava. Foi por isso que me voltei para Jesus Cristo. Hoje ocupo meu tempo com a divulgação do Evangelho.

Querem ver de outro ângulo?

OOOOOOOOOOOHHHHHHHHHH!!!!

Lembram?

COMPANHEIRO / COMPANHEIRO VEM /
VEM NO BALANÇO DO MAR/ VEM NO BALANÇO DO MAR
VEM DEPRESSA/ VEM DEPRESSA VEM
É TÃO GOSTOSO DANÇAR / É TÃO GOSTOSO DANÇAR

CALA A BOCA, POR FAVOR

Bento tem razão. Vamos falar de galochas – mais precisamente das minhas novas galochas Crocs. Recapitulando: lembram que eu fui para o meio do mato, que estava chovendo e que eu já previa que o animal não ficaria sem seu passeio mesmo abaixo de chuva, não é? Pois bem: estava certa. Por isso, algumas horas antes de pegar a estrada, na quinta-feira passada, passei na loja da Crocs ali no Iguatemi, aquela que nunca tem estoque nem numeração de modelo nenhum, aquela que tudo que tu pedir não encontrará, e tive a sorte de encontrar uma galocha azul número 37. Me agarrei nela e corri para o caixa.

E ASSIM PUDE PASSEAR NA GRAMA MOLHADA COM O ANIMAL!

FOI UM PASSEIO DOS BONS

Quem curte o blog no Facebook acompanhou nosso fim de semana. Quem não curte, deveria curtir.

ENTENDERAM OU QUEREM QUE EU DESENHE?

BASTA CLICAR AQUI!

Venho por meio desta informar que as galochas são beeeeem levinhas, suuuuper confortáveis. Eu tenho outra galocha, mas ela é pesada, sabe assim? Tem uma hora em que parece que estou com dois sacos de areia amarrados nos pés. Esta não. E daí a Cristina Freitas me perguntou no FB se havia venda online da Crocs – e eu fui fazer aquilo que mais gosto.

PESQUISAR E-COMMERCE!

E achei!

OLHA A MINHA GALOCHA AQUI!

Também descobri vários cosméticos e lançamentos de coisicas de beleza bacanas e também tive mil e uma ideias para aproveitas minhas duas legging pretas que estavam mofando no armário. Mas não posso escrever agora… O livro me espera e ainda não olhei para a cara dele….

VOCÊS PODERIAM VOLTAR MAIS TARDE?

ELA É MUITO CARA DURA

 

 

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.
  1. Sis, vou confessar: eu tb gostava do Nil! E agora fiquei com a musica na cabeca.. e nao era ele dancava bem? eu tenho uma outra revelacao pior que essa… e impublicavel!

  2. EU TAMBÉM GOSTAVA DO NILL!!! E mesmo pastor, ainda tá ‘pegável’, né? Só não escrevi meu nome e o dele, dentro de um coração… Isso é coisa que eu faria pelo Charlie, do Menudo, ou pelo Renato Portaluppi… Mas também não fiz. Bjs, Mariana!

  3. Não acredito que o Nil se tornou pastor!!!!!!!
    Eu e a minha irmã brincávamos de namoradas do Dominó..o bom é que nunca deu briga, pq eu sempre namorei o Nill e ela o Afonso!! hahahahha…bons teeemposss… Depois a gente terminou com eles e foi namorar o Polegar!

  4. Só quero dizer que te entendo…minha paixão pelo Menudo foi maior (adorava o Rick Martin…ele mesmo…eu e uma amiga brigavamos por ele…melhor deixar pra lá)…mas curti muito o Dominó…tinha até disco deles e gostava bastante…Tens bom gosto o Nil era lindo!!! bjs

  5. Comprei esse mesmo modelo, porem na cor preta pelo site da crocs na semana passada. Pra variar tinha ido na semana retrasada na loja do Iguatemi e não tinha (além do atendimento de lá ser péssimo)! To esperando ansiosa pela chegada das galochas. O único porém é q não dá para parcelar.

  6. Ai Mari, vou ter que comprar uma galocha dessas, saí de Poa e vim morar em Piratini essa semana, não sei se é sempre assim, mas ô lugar pra chover!
    E falando em Dominós, Menudos e afins… Eu era fã do New kids on the Block, lembra? Meu pai até me prometeu que quando eu fizesse 15 anos ele me levaria num show deles, aqui estou, com 34 e nada! Hahahaha!
    Bjos!

  7. Lembro, Josi!! Hahahaha! Minha mãe me deu um boné escrito New Kids on the Block, eu fui fazer uma viagem do colégio para o Nordeste sem saber o que significava e fui alvo de piadas a excursão inteira! Bjo. MK

  8. Mariana! Adoro demais o teu blog! Me mato de rir sozinha, em frente ao computador, das tuas histórias e do Bento, e me identifico com muitas, inclusive. Acho super divertido a maneira como tu escreves e os temas que abordo, enfim, conheci o blog há pouco tempo por indicação de uma amiga, e gosto tanto, que já li quase todo o blog. Obrigada pela atenção e pela indicação do site da Crocs. Sou Engenheira Ambiental e faço trabalho em campo o tempo todo, inclusive hoje estava num cliente em Bento Gonçalves e ainda pensei com os meus botões: bem que hoje eu podia ter uma galocha igual a da Mariana!
    Sou tua fã e do Bento! Hehehehe
    Beijos

  9. Oi Mariana, uma dúvida, pois no site não encontrei as medidas da bota, na foto parece que o cano da tua bota vai quase até o joelho, na foto do site parece que é mais curto.
    Bj.,

  10. Tempos bons do Dominó, era louca pelo Afonso… O Nil eu curtia, mas o que me incomodava era a herpes no lábio dele, lembra????
    Falando em galochas ando igual a uma manequim com as minhas tigradas. “um sonho vindo na passarela”…

  11. Ahhhhhhh, não Carla!!! Haaaahahahaha! Me atirei no chão do escritório! Era mesmo! Ele tinha herpes no canto da boca!!! Hahahaha!! Bjo. MK

  12. Bah, fechou todas: aquela loja da Crocs do Iguatemi é assim mesmo, nunca tem o que tu queres(se tem o modelo, não tem a cor, tem a cor não tem o número e por aí vai… ) ri muito quando li isso….

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.