O que uma viagem ao Peru não faz a gente fazer….

São exatamente 23h54min da noite de segunda-feira aqui no bairro Miraflores, em Lima, no Peru – isso quer dizer que já é terça-feira no Brasil, visto que o fuso é de duas horas a menos aqui. Me encontro no quarto 404 do Hotel Dazzler, acabo de tomar banho depois de um bate-volta a Paracas. Tudo o que eu achei que não faria eu fiz até agora. Voei de teco-teco, deslizei dunas abaixo do deserto deitada em uma prancha de snowboard e pensei que teria todo o tempo do mundo para relatar diariamente a viagem. Qual o quê?

Não há tempo para nenhum respiro. É um tal de despertar às 6h e dormir depois da meia noite desde que chegamos aqui no sábado de manhã. É um tal de check in e check out sem fim. Nesta terça de manhã bem cedo já damos check out aqui de novo e check in em Cusco. Depois de dias de aventura em Paracas, creio que dias de uma viagem interior em Cusco e Machu Picchu estão por vir.

bento1ELA FALA TODOS OS DIAS COM A GENTE

Sim, eu falo todos os dias com Chico, Bento e família. Quer dizer, mando whats, vídeos e recebo whats e vídeos de volta. É uma maravilha esta tecnologia, vai dizer? Aqui em Lima há bastante cachorro nas ruas. Há um parque aqui no bairro de Miraflores, o mais bacana da cidade, que se chama Parque dos Gatos. Durante alguns anos, gatos foram sendo abandonados ali. Gatos e gatos e mais gatos. Então, a prefeitura resolveu cercar o parque e deixar que eles ficassem. Passamos ali em frente é o parque é cheio de gatos circulando. E o melhor: ele amam ficar ali, ganham comida e nem pensam em exibir o miado em outra freguesia.

bento1NÃO TEM PARQUE DOS CACHORROS?

Não, parque dos cachorros não tem. Mas tem bastante cachorro com seus donos, sabia? Nada comparável ao Brasil, mas tem. Lima possui 10 milhões de habitantes e é uma cidade limpíssima. Muito, muito segura também. As pessoas passeiam tarde da noite na rua, há uma liberdade invejável de ir e vir – o que só comprova a inoperância e a ineficiência dos nossos governos, que nos fazem cidadãos trancafiados dentro de casa. O Peru está dividido em 25 regiões (que é como se fossem estados no Brasil).

:De mala (quase) pronta: como será o roteiro que me espera no Peru

Algo que achei interessantíssimo – e que talvez seja a chave para entender a limpeza e a segurança da cidade (e por que não uma dica a ser copiada no nosso país): aqui no Peru, as cidades são divididas em municípios (bairros). Lima, portanto, tem 43 municípios, ou seja, 43 bairros. A cada 4 anos, há eleições para a prefeitura de Lima e também eleições para os subprefeitos dos bairros. Cada subprefeito, para poder candidatar-se, tem que ter vivido ao menos três anos no bairro que deseja governar.

Não sei quantos bairros tem Porto Alegre, mas digamos que tem 20. A cada quatro anos, são feitas eleições para subprefeitos desses bairros. Moinhos de Vento tem seu subprefeito, Cidade Baixa tem o seu, Floresta tem o seu, Menino Deus tem o seu…. Entendem? Não fica muito mais fácil dialogar com a comunidade e cuidar da segurança e da limpeza do bairro do que centralizar tudo no prefeito?

03-por-ai-mulher-gritando5ACHEI ESSA IDEIA SENSACIONAL

Tenho feito pequenos relatos da viagem pela página do blog no Facebook e também pelo Instagram. Tem vários vídeos e fotos por lá. O que quero dizer com isso é que eu achei que teria mais tempo do que ando tendo para escrever aqui. Então, o jeito está sendo me tornar uma pessoa mais dinâmica e postar nas ditas redes.

chapolin-coloradoSIGAM-ME OS BONS!
www.facebook/kalilmariana
@mari_kalil

Eu juro pelo que há de mais sagrado que vou ir contando, mesmo depois da volta, mais detalhes dessa viagem. Mas agora, o máximo que estou conseguindo, é ser mais constante nas redes sociais mesmo. De tudo o que comi aqui até agora, ceviche continua sendo meu prato peruano favorito. E há uma entradinha muito servida em vários lugares, também bastante tradicional.

Olha!

PERU 11071742_843686285720202_1518096209148636580_nOOOOOOOOHHHHHH!!!!
Trata-se de um purê de papas recheado com frango temperado. Cada ligar decora o prato à sua maneira, mas a receita está em vários lugares. Detalhe: eu como a entradinha e já me sinto satisfeita. Tem bastante “sustança”, sabe assim?

peru 11535859_843555129066651_908940873736179775_nDIÁRIO DE BORDO
Meu Moleskine com tudo bem anotadinho para contar. Começou a ser escrito já dentro do avião, quando o Rivotril fez efeito e eu consegui parar de olhar para baixo pela janela e me distrair com a escrita – e com una copa de vino, claro!

PERU 11407065_843766319045532_1167146238746966437_nLINDA IDEIA
No museu Rafael Larco Herrera, os visitantes encontram na recepção esta mesa com um vidro de água filtrada saborizada com laranjas para se servirem. Achei de uma delicadeza só e tirei a foto para dar a ideia a quem interessar possa!

PERU 10341482_843766199045544_7020024904200224232_nNHAM NHAM
Visitamos a Antigua Taberna Queirolo para degustação de piscos. Agora, momento cultural-etílico. Pisco é um destilado feito a partir de oito variedades de uva. Quatro são aromáticas e quatro são não-aromáticas. O pisco puro tem 43% de álcool, mais do que a tequila e a cachaça. Pisco não é o nome do drinque. Pisco é como se fosse cachaça; Pisco Sauer seria a caipirinha, entendem? O Pisco Sauer não é este drinque acima que eu bebi inteiro feito suquinho de uva. O Pisco Sauer é aquele que vem com clara de ovo – eu não gosto. Achei este muito, muiiiiito melhor. Chama-se Chilcano. É feito com pisco, limão, tônica e bastante gelo. Bem mais refrescante!

PERU 11169206_844561215632709_5776181046278018721_nSABE NADA, INOCENTE!
Quando eu ainda desconhecia a aventura de 4×4 e snowboard que me esperavam no deserto de Paracas. Poderia ter sido a última selfie da minha vida. Sim, eu gosto de ser dramática. Quer se divertir às minhas custas? Na página do blog no FB e no Insta tem os vídeos para que você possa rir às minhas custas. Eu deixo!

PERU 11412388_844154069006757_7342330672101375095_nAS LINHAS DE NASCA
Na sala de embarque para o sobrevoo de uma hora e meia em um teco teco desgraçado sobre as Linhas de Nasca. Não enxerguei a metade das linhas, mas em compensação não vomitei, né, Adri? Né, Bruna? Né, Deia?
Era um tal de chamar o Hugo, um tal de avião virando pra direita e pra esquerda e pra direita e pra esquerda… Os vídeos do FB não mentem.

PERU11248342_844573652298132_1823019724281049206_nCARA DE RICA DE PERFIL
Pedi pra minha nova amiga Andrea bater esta foto hoje de manhã, pouco antes de deixarmos o Luxury Collection Resort em Paracas.
Falei pra ela: “Eu vou olhar para o horizonte e tu faz esta foto de contemplação”. O copinho de papelão não precisava. Foi mal.

Bom, este post foi um brevíssimo resumo do que anda acontecendo por aqui. Agora preciso muito dormir. Se fechar os olhos e ferrar no sono agora, terei exatas seis horas de tranquilidade até o telefone da recepção me fazer voar no teto de susto. Sempre que conseguir parar uma horinha que seja, venho aqui fazer mais resumos – e todos os meus passos no FB e Instagram.

bento1TU JÁ DISSE ISSO

Eu sei que eu já disse, mas não tem nenhum mal repetir. Ah, antes que me esqueça: sabia que a Rosa vai trabalhar aí em casa amanhã e quinta-feira? Pedi para ela ir a semana toda para que tu não seja privado dos teus passeios, apesar de o Chico estar mandando vídeos incríveis dos passeios e da convivência de vocês dois. Ele me contou que tu anda tomando direitinho todos os remédios e tendo um comportamento exemplar. Eu fico muito, muito feliz e orgulhosa, sabia?

bento1QUANDO É QUE TU VOLTA?

Volto no sábado de noite. Chego aí no domingo por volta de 6h da manhã. Tu vai me buscar?

bento1PODEMOS PASSEAR DIRETO?

mulher-arrancando-os-cabelosANHÃÃÃÃ

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.