Kombucha: a origem e os benefícios do chá probiótico que virou mania mundial

As bactérias estão por toda parte e é claro que podem causar doenças. Entretanto, no intestino, algumas bactérias podem ser benéficas para a saúde. É o caso das bactérias probióticas, que são micro-organismos vivos e liofilizados. Para manter a saúde em dia, é necessário consumir alimentos probióticos, a fim de manter a microbiota intestinal saudável para receber os benefícios que essas bactérias podem trazer ao organismo.

Caso contrário, é possível que ocorra o aumento do número de bactérias gram-negativas, que são potencialmente nocivas e podem ocasionar a Síndrome do Super Crescimento Bacteriano do Intestino Delgado (SIBO).

Sendo assim, o uso de alimentos probióticos, como o Kombucha, pode auxiliar na manutenção da qualidade das bactérias do intestino, pois favorece a proliferação apenas de micro-organismos benéficos para a saúde humana. Existem inúmeros estudos mostrando que o intestino é um órgão endócrino importantíssimo que se relaciona com diversas funções do organismo.

Uma das formas para trazer equilíbrio ao microbioma intestinal é o desenvolvimento de bebidas funcionais fermentadas. Por meio desta nova fonte de ingestão de probióticos, é fornecida a proteção e efeitos positivos para a saúde. A Kombucha (pronuncia-se Kom-bu-tchá) é uma bebida utilizada tradicionalmente na China há mais de dois mil anos e novos estudos vem comprovando sua funcionalidade neste sentido.

kombuchaKOMBUCHA DE SABORES VARIADOS: CHÁ PRETO E VERDE COMO BASE DA BEBIDA

Tradicionalmente, é feita a partir da fermentação de chá preto ou chá verde, rico em cafeína e adição de um biofilme rico em leveduras e bactérias acéticas, entre elas a simbiose (colônia de Kombucha). Trata-se de um bioprocesso que consiste na degradação da glicose e frutose através da fermentação. Para isso, prepara‐se o chá e adiciona-se o açúcar. Após resfriar a bebida, a colônia de Kombucha é adicionada. Para que ocorra o processo de fermentação da bebida, é deixada em repouso. Após alguns dias com o açúcar fermentando, a bebida estará com sabor ácido e levemente doce, pronta para ser consumida.

kombucha1
KOMBUCHA SAÚDE LÁ EM CASA
kombucha2
KOMBUCHA BIO ZEN
kombucha3
TAO KOMBUCHA

A infusão de chá preto é o substrato comum para a preparação da Kombucha. No entanto, outras fontes – como folhas de carvalho em infusão – podem ser usadas para o mesmo propósito. Estudos mostram que a Kombucha obtida a partir do chá preto reduziu efetivamente a produção de citocinas pró inflamatórias. Cerca de 200ml por dia é suficiente.

A Kombucha pode ser feita em casa ou comprada pronta em lojas de produtos naturais, como Mundo Verde. Quem opta pela preparação doméstica tem que ficar muito atento à higiene na hora de colocar a receita em prática. No Facebook, há várias páginas de kombucheiros, como são chamados os entusiastas da bebida.

Compartilhar
Carina Borges

Carina Borges

Nutricionista e Fisioterapeuta Dermatofuncional formada pelo Centro Universitário Metodista (IPA/RS), Carina Borges proporciona, a união entre a prevenção da saúde através da qualidade na alimentação e o bem-estar por meio da base científica de tratamentos eficazes para o corpo e a pele. O objetivo principal de seu trabalho é restaurar a saúde funcional e qualidade de vida das pessoas, para, então, seguir a busca incessante pela longevidade por meio da nutrição preventiva. Tudo por uma vida recheada de sabor e autoestima.

3 Comentários
  1. Dra Carina, boa noite.
    Muito interessante o assunto kombucha, pois, realmente virou uma febre e é importante esclarecer alguns pontos.
    Gostaria de tirar uma dúvida. Não entendi muito bem a parte das bactérias boas gram positivas e as bactérias ruins gram negativas. Se o probiótico fornecido pelo kombucha vem para equilibrar o microbioma e o equilíbrio desses grans positivo e negativo, significa que produzirei tanto coisas boas quanto coisas ruins no organismo com o kombucha, para que haja o equilíbrio? Não me soa bem isso. Poderia explicar mais sobre esses gram negativos que são bactérias ruins? Obrigada.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • “Hello, doctor Renato! Good morning and good news! Doctor Guy can receive us the coming monday at Sheba Medical Center. The cells grew very well, they are approved for protocol in Israel”. ✨✨✨
Não perca, nunca perca, jamais perca tua força, tua coragem, tua fé.
  • O amor e o carinho de todos vocês, perseguidoras e perseguidores, me impulsiona como uma malabarista que voa pelo céu encantado em seu trapézio mágico. O amor e o carinho da minha família e amigos é o que me mantém firme e forte até aqui, com desequilíbrios e tropeços, sim. Mas com muito aprendizado. Não foram dias fáceis, não tem sido nada fácil e tampouco será daqui por diante. Mas, com fé, força e coragem, chegará o dia em que vamos emergir juntos lá do fundo desta tempestade - e então bastarão algumas braçadas e já estaremos do outro lado da margem deste mar revolto. O lado da cura. Amanhã, já posso voltar a comer batatinha em casa. E vamos em frente. 💪🏻 #bepositive
  • A dinda vai cair e levantar quantas vezes forem necessárias para te ver crescer e florescer em um mundo lindo de rosas amarelas, meu pequeno Johnny. 💛
  • Mais uma etapa vencida; mais três corações explodindo de felicidade de voltar pra casa. Em frente. 👊🏻 #bepositive
  • Uma ideia criativa de servir pão (vou imitar) y otras delícias do Bell Café: couve-flor, kebab e húmus (sempre ele!). #telavivfood 😋
  • Se você não vem comigo, nada disso tem valor. De que vale o paraíso sem amor? Se você não vem comigo, tudo isso vai ficar. No horizonte esperando por nós dois.