Prazer, Alho Negro! Sou a grande vedete da alimentação em 2018

Era uma vez um japonês chamado Shiro Kondo. Ele nasceu em 1945 na colônia japonesa Manchúria, na China. Ainda bebê, foi para o Japão, com a família, como refugiado. Lá cresceu, formou-se em Direito e, ao completar 23 anos, mudou-se para o Brasil.

No Brasil, Shiro trabalhou em diversas fazendas para sustentar-se. Com agricultores, aprendeu técnicas de cultivo de alimentos. Em 1973, casou-se com Sayoko e recebeu um pedaço de terra na colônia de Guatapará, interior de São Paulo, como benefício do programa de migração do governo japonês. Lá, a família dedicou-se à agricultura, tendo como o primeiro cultivo…

dancing_pineapple__gif__by_nianina-d8pfwbwABACAXIS!

Viviam lá, o senhor Shiro e a senhora Sayoko plantando seus abacaxis quando, em 1981, aconteceu a geada negra (condição atmosférica que provoca o congelamento da parte interna da planta devido ao frio intenso). Resultado: todo o plantio foi perdido.

pineapple_by_brushbandit-db1n7q4ACABARAM-SE OS ABACAXIS

Então, o senhor Shiro e a senhora Sayoko saíram em busca de alguma especialidade que resistisse às alterações climáticas. A escolha recaiu sobre o alho. No começo, a produção não tinha muita qualidade por falta de experiência do casal. Mas logo as técnicas e conhecimentos foram sendo aprimorados e a vida foi melhorando.

parenteses-simbolo-de-agrupamento_318-59014ABRE PARÊNTESIS
Para quem não sabe, nos Estados Unidos existe um projeto chamado Designers Food, do Instituto Nacional de Câncer. Lá, descobriu-se que o alho é o alimento que mais contribui para a prevenção do câncer. Descobriu-se também que, após fermentado, ele potencializa os componentes antioxidantes.

supe-alimento-alho-negro-70-569-thumb-570O MILAGRE EM FORMA DE ALIMENTO

bento1122ESSE ALHO ESTÁ PODRE

Aí que o senhor se engana! Aí está a característica visionária do senhor Shiro: investimento em alho negro, o alimento vedete do momento, também conhecido como “alho mágico”. Apesar de ter origem incerta, a técnica de fermentação que faz com que o alho ganhe esta coloração e desenvolva características próprias é oriental e muito cultivada no Japão e na Coreia. Ou seja, ainda que desconhecido no Brasil, o alho negro era um produto muito familiar ao japonês Shiro – e famoso por suas propriedades para a saúde.

Estudo publicado no Instituto Nacional de Saúde dos EUA (NCBI, na sigla em inglês), mostrou que o alho negro é capaz de inibir a proliferação de células malignas em casos de câncer do cólon. No Japão, pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de Showa elencam mais de 20 propriedades medicinais dessa iguaria. Segundo eles, este alimento retarda o envelhecimento, combate o colesterol ruim, previne diabetes, combate prisão de ventre e gripes, melhora dores de estômago, insônia e a circulação sanguínea.

Nesta onda cada vez mais crescente e sem volta atrás das pessoas em busca de uma alimentação mais saudável, várias populações ao redor do mundo passaram a querer consumir alho negro, considerado por grandes cozinheiros, chefs de cozinha e revistas especializadas como uma das principais tendências em alimentação em 2018!

bento1O SENHOR SHIRO FICOU RICO?

Isso eu não sei. Posso dizer apenas que, no início do negócio, o senhor Shiro fornecia alho negro apenas para os amigos da colônia japonesa, mas a iniciativa deu tão certo que agora produz para supermercados e empórios de grandes marcas em todo o país. Fernando Kondo, filho do senhor Shiro e da senhora Sayoko, é quem hoje toca os negócios da família. Formado pela Universidade Agrícola de Tóquio, ele administra o ALHO NEGRO DO SÍTIO.

olivia10COMO O ALHO FICA NEGRO?

O alho negro nada mais é do que uma variação do alho comum, que passa por um processo de fermentação em uma estufa de temperatura e umidade controladas. Neste processo de fermentação, todo o açúcar que está dentro do alho natural aparece, sua cor escurece e suas propriedades medicinais são potencializadas. O resultado dessa fermentação é um alho completamente diferente do original, adocicado, lembrando sabores como o do aceto balsâmico, melaço, ameixa preta e tâmara.

Para a saúde, trata-se de um alimento com elevado nível de antioxidantes e capacidade de diminuir o colesterol ruim. Ajuda no processo de perda de gordura, já que uma de suas principais características é o aumento da temperatura corporal, estimulando o sistema nervoso, que acelera o metabolismo basal. Com o metabolismo mais acelerado, o corpo é capaz de queimar mais calorias e, consequentemente, perder mais peso.

mar_1123 ALGUNS PRODUTOS COMERCIALIZADOS PELO ALHO NEGRO DO SÍTIO
Se tiver curiosidade de conhecer todos os produtos, basta clicar AQUI. Você cairá diretamente na loja online do Alho Negro do Sítio, que entrega em todo o Brasil

Uma das características do alho negro é sua versatilidade. Pode ser usado em quase tudo: em saladas, acompanhando carnes, massas, em manteiga composta, molhos, vinagretes etc.

Espia só a variedade de pratos que podem ser feitos utilizando alho negro!

prato-alho-negro-e-salmaoSALMÃO ASSADO EM CROSTA DE GERGELIM, ABÓBORA E RISOTO DE ALHO NEGRO

prato-alho-negroCARNE GRELHADA COM ALHO NEGRO

linguine-with-mushrooms-and-black-garlic-recipeLINGUINE COM FUNGHI E ALHO NEGRO

prato-alhoBACALHOADA COM ALHO NEGRO
(Olha ideia para o almoço de Sexta-Feira Santa!)

prato-torta-rusticaTORTA RÚSTICA DE LEGUMES COM ALHO NEGRO

black-garlic-dipped1ALHO NEGRO COM COBERTURA DE CHOCOLATE

chicken_tnail-1200x800COXA DE FRANGO COM RISOTO DE LIMÃO DE ALHO NEGRO

prato-receitas-nigga-3MAMINHA COM GHEE DE ALHO NEGRO E VEGETAIS

bento-pratoE POR QUE TEM RAÇÃO NO MEU PRATO?

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Para estar junto não é preciso estar perto, e sim do lado de dentro. Estaremos te esperando, Chiquinho! Repost @chico_sperotto ♥️🐶🌞
  • • KARL LAGERFELD
10.09.1933 - 19.02.2019 🖤
•”Pense rosa. Mas não use".
•”Calça de moletom é sinal de fracasso. Você perdeu o controle sobre sua própria vida e comprou um moletom".
•”Eu acho tatuagem uma coisa horrorosa. É como viver o tempo todo em um vestido Pucci".
•”Meu maior luxo é não precisar me justificar para nenhuma pessoa.”
•”Gosto que tudo seja lavável. Eu mesmo, inclusive.”
•”Personalidade começa onde a comparação termina.”
•”As melhores coisas que fiz na minha vida, as vi nos meus sonhos. É por isso que tenho um caderno de rascunhos na minha cama.”
•”O politicamente correto, a preservação. Eu acho tudo isso extremamente chato.”
•”Coco Chanel jamais teria feito o que eu fiz. Ela teria odiado.”
•”Sou uma pessoa da moda e a moda não é somente sobre roupas. É sobre todos os tipos de mudança.”
•”Eu amo estar de passagem. Nasci em um porto, em Hamburgo. Então minha mãe disse: ‘É a porta do mundo, mas não é mais do que a porta. Portanto, já pra fora!’”.
#ripkarllagerfeld
  • - Dinda, entra no mar comigo?
- A dinda não gosta de mar gelado.
- Eu queria mergulhar com a dinda.
- Então a dinda vai te dar a maior prova de amor do mundo. E tu vai lembrar pra sempre, promete?
- Prometo, dinda.
E assim foi, e a lembrança eterna será de nós dois. #joaobenicio #amordadinda
  • Ensalada de Durazno: pêssego queimado, folhas verdes, queijo de cabra, pistache, cebola roxa e um molho vinagrete indescritível. Autor: @francismallmann @restaurantegarzon 👌🏻♥️🇺🇾 Detalhes no destaque do Stories
  • Leva um tempo até a gente perceber que por trás da figura de mãe existe também uma mulher como nós. Com gostos, desejos, anseios, vontades, expectativas, decepções. Não dizem que são nas viagens que a gente conhece profundamente a essência dos amores e amigos? Pois viagens também contribuem para aproximar mães e filhas no papel de duas mulheres adultas e companheiras. Em nossas viagens, mãe e eu convivemos com nossas imperfeições e fizemos mútuas descobertas – das profundas às mais comezinhas. Ela bebe pouca água; eu vivo com uma garrafa na mão. Ela critica a minha garrafa; eu critico a falta de água no organismo dela. Ela já planeja a Páscoa do ano que vem; eu ainda nem cheguei no próximo Natal. Ela não compreende a minha falta de planos; eu não entendo a ansiedade dela. Ela pensa em voz alta; eu reflito em silêncio. Ela diz pra eu falar alguma coisa; eu suplico que ela cale a boca por cinco minutos. Ela prefere o sol do meio-dia; eu prefiro o ar-condicionado. Ela diz que estou branca feito um bicho da goiaba; eu respondo que ela está laranja feito um nacho de Doritos. Agora estamos de novo aqui, juntas, em viagem, sentadas na grama da praça de José Ignacio. Que bom, né, mãe? Que bom que a vida nos concedeu este prazo para descobrir ainda a tempo o privilégio de passearmos juntas por aí e explorar como adultas esta delicada amizade — e o que existe de melhor em cada uma de nós. ♥️ #amordemãe #amordefilha #viajecomsuamãe
  • Né?! 👌🏻