Partiu Plano B! A difícil (e corajosa) decisão de mudar de área ou profissão

Eu tenho imensa admiração pelas pessoas que decidem mudar de profissão durante voo de cruzeiro. Talvez mais ainda aquelas que, em consequência de uma demissão, se veem obrigadas a recomeçar. E é cada vez mais comum optar pelo plano B, muito em função da escassez de postos de trabalho com carteira assinada e seus benefícios. Assumir o plano B é um ato de coragem. Digo isso porque conheço pouca gente que planeja essa virada de carreira.

Geralmente, quem planeja e executa o plano B são profissionais plenamente conscientes, cansados ou infelizes com o plano A. O primeiro sinal da necessidade de mudança é sentir-se um peixe fora d’água. Gente que tenta vestir a camiseta do trabalho de anos, mas que, quanto mais o tempo passa, mais apertada e incômoda fica.

e5e8d4_71f86d0f0dd3409a9a635dcbf1320e62AME O PLANO B: NEM TUDO SÃO FLORES, MESMO FAZENDO O QUE SE GOSTA

Na fase em que trabalhar vira uma “pedra no sapato”, quem se conhece, quem tem consciência do próprio talento ou habilidade, tem mais facilidade para mudar o rumo profissional. Esteja preparado para as dificuldades porque, no plano B dos seus sonhos, também vão existir problemas. Às dicas, por favor!

1. Eu já dei essa dica várias vezes porque ela é verdadeira: se você não sabe qual é o seu talento, pergunte aos mais chegados que tipo de problema ele levaria para você resolver. Qual é a coisa que o faz pensar em você em primeiro lugar?

2. Se tem um assunto, um tema, uma área que você tem afinidade, faça um curso. Gostou? Faça outro, e outro.

+LU BEMFICA: Marca pessoal requer autoconhecimento. Quem não se conhece perde tempo e dinheiro na vida

3. Do hobby ao empreendedorismo: quem sabe está no seu hobby a oportunidade de trabalho que vai te dar satisfação? Mas antes de pular pro lado de lá, investigue. Se você gosta de fazer arranjos de flores, primeiro vá a uma floricultura. Converse com quem faz isso profissionalmente, tente se imaginar nesse dia a dia, nesse universo. Pesquise, busque, cerque-se de certezas antes de mudar.

4. Tem amor e paixão? Se não tem, desista. Isso serve para qualquer pessoa, em qualquer área. Se você não fizer com amor e não tiver paixão pelo que quer fazer, não terá energia para quando precisar enfrentar dias difíceis. Pense nisso.

Uma olhada nos sites do Endeavor e do Sebrae pode te ajudar.

Compartilhar
Luciane Bemfica

Luciane Bemfica

Luciane Bemfica é jornalista no mundo corporativo que foi escolhida pela profissão. Em 2015 decidiu fazer MBA em Negócios Digitais para arejar as ideias. Foi aí que descobriu sua paixão pelo branding pessoal. Fez cursos e criou um site para ensinar que o nome e a imagem são o patrimônio mais valioso de qualquer profissional - estagiário, tia do café, chefe, dono de empresa ou do seu próprio nariz. É a número três de quatro irmãs, e a dinda da Vic e da Manu.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Três anos de adoção. Feliz Aniversário, minha Gorducha querida. Obrigada por este amor e este olhar ♥️🐶♥️ #18desetembro #adotaretudodebom
  • Né?! 🍫
  • Chipirones a la plancha ♥️ #puntadeleste #uruguay
  • Cumplicidade é saber que temos alguém pra dividir o que não podemos carregar sozinhos ♥️
  • O #tbt de hoje é pra lembrar que faltam três meses para voltar a usar biquíni 😳 #socorro #dietaja #adiosmedialunas 🥐 Praia do Rosa, março de 2009.
  • De pensar que há não muito tempo, Carlos Eduardo dizia que lugar de cachorro era na rua 🤣♥️🐶 #quemteviuquemtevê #chico #gorducha #amordepai