Alimentos ricos em carboidratos que contribuem para a Síndrome do Intestino Irritável

Os estudos e novas tecnologias da gastronomia cada dia encontram explicações para as funções dos alimentos no corpo e como cada organismo reage a diferentes nutrientes. A novidade agora são os FODMAPS, nome do inglês Fermentable Oligosaccharides, Disaccharides, Monosaccharides e Polyols – grupo de carboidratos que não são bem absorvidos pelo intestino, ou seja, acabam aumentando a produção de gases, além de causar inchaço na barriga, cólica e muito desconforto.

A ingestão de alimentos com alto teor de FODMAPS pode intensificar também os sintomas da Síndrome do Intestino Irritável (SII), doença que afeta diretamente o bom funcionamento do intestino. Estima-se que cerca de 2/3 dos pacientes com SII associam estes sintomas à alimentação.

A nutricionista Beatriz Botequio citou para o site MK alguns alimentos ricos em FODMAPS e também fez uma relação de outros com baixo teor desse carboidrato. Dá uma olhada!

cebolaALHO E CEBOLA: DOIS ALIMENTOS RICOS EM FODMAPS

Grãos
Trigo, cevada e centeio.
Frutas
Melancia, pêssego, ameixa, nectarina, caqui, maçã, pera, manga, cereja e suco de frutas e frutas secas.
Legumes, hortaliças e leguminosas
Beterraba, milho, cebola, alho, alcachofra, batata doce, couve flor, feijão, soja, ervilha.
Laticínios
Leite e iogurte.
Edulcorantes
Mel, xarope de milho, sorbitol e manitol.

tomateTOMATE E PEPINO: DOIS DOS ALIMENTOS COM BAIXO TEOR DE FODMAPS

Grãos
Quinoa
Frutas
Banana, uva, limão, laranja, kiwi, abacaxi, maracujá.
Legumes e verduras
Pepino, cenoura, berinjela, batata, inhame, alface, tomate e abobrinha.
Laticínios
Leite sem lactose, queijos duros e cottage.

Por conta dos malefícios que os FODMAPS podem causar a pacientes com Síndrome do Intestino Irritável, uma opcão é bani-los do cardápio diário. Porém, a restrição radical de alimentos não garante uma dieta mais saudável. A nutricionista Beatriz Botequio recomenda uma alimentação equilibrada e alerta para o perigo da falta de consumo do nutriente:

– Apesar de melhorar a saúde do intestino, a dieta com baixa quantidade de FODMAPS pode ser deficiente em fibras, piorando o quadro de intestino preso. Dessa forma, recomenda-se optar pelos alimentos com menor quantidade de FODMAPS e com maior presença de fibras.

Assim como na dieta low carb a low FODMAPS pode agravar quadros. A importância de manter uma alimentação rica e equilibrada reflete no dia a dia e comprova que hábitos e escolhas mais saudáveis podem criar melhorias para a saúde. Recomendável sempre buscar auxílio de uma nutricionista.

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.