Receber bem é uma arte! Consultora dá dicas infalíveis para ser uma anfitriã de primeira

Sempre gostei de abrir as portas da minha casa para receber os amigos. É tanta troca de afeto e de boas energias que é impossível não gostar, não é mesmo? Mas, cá entre nós, precisamos admitir que receber para um almoço ou jantar dá um certo trabalho e um tantinho de preocupação para fazer bonito e não errar, especialmente no cardápio. Cada vez mais ele exige atenção redobrada da anfitriã. É para ele que precisamos acender o sinal amarelo.

Numa época em que é cada vez maior o número de pessoas com restrições alimentares e estilos de vida diferentes, é preciso estar atenta para não cometer a gafe de preparar um almoço ou jantar digno de um chef renomado e se ver na maior saia justa. O segredo para tudo dar certo e ser um encontro memorável é um só: organização. Você precisa dar atenção a cada um dos seus convidados antes mesmo deles chegarem à sua casa.

conviteCUIDADO AO CONVIDAR: PERGUNTE SEMPRE SOBRE RESTRIÇÕES ALIMENTARES

E este cuidado começa na hora de fazer o convite. Seguindo alguns princípios da etiqueta atual, é neste momento que você precisa demonstrar o quanto é uma anfitriã dedicada. Perguntar aos seus convidados se eles têm algum tipo de restrição alimentar é essencial. Afinal, é cada vez maior o grupo de pessoas que se preocupa em comer de forma saudável e nesta turma pode se encontrar algum vegano, vegetariano ou até mesmo alguém com alergia a algum tipo de alimento.

+RACHEL JORDAN: Etiqueta à mesa: consultora explica o uso do guardanapo, copos, talheres e boa postura

Um bom dever de casa é saber com propriedade o que um vegetariano ou um vegano adota na sua lista de alimentos e estar atenta, por exemplo, aos rótulos dos produtos que são livres de glúten ou lactose. Em geral, os vegetarianos não consomem nenhum alimento que venha de origem animal, ou seja, não comem ovos, carnes, peixes ou laticínios.

Já os veganos fazem suas escolhas por uma questão ideológica, não consomem qualquer produto que gere exploração ou sofrimento animal. Outro cuidado importante é, ao cozinhar, usar utensílios e panelas separadas e não deixar que aconteça nenhum contato com algum ingrediente de origem animal.

saladCAPRICHE NAS SALADAS: FRUTAS SECAS E OLEAGINOSAS SÃO BEM-VINDAS!

Uma boa dica é caprichar nas saladas! Lance mão de nozes, castanhas, amêndoas e frutas secas para incrementar. Existem também nos supermercados carnes vegetais. E vamos combinar que hoje a internet está aí para nos tirar do sufoco e nos ajudar nestes momentos. No mais, é escolher uma playlist maravilhosa, algumas flores para dar um toque especial e abrir aquele vinho! Acredite, é mais fácil do que parece.

Compartilhar
Rachel Jordan

Rachel Jordan

Consultora de Imagem, Rachel Jordan é especializada em Comportamento, Moda, Etiqueta Social e Corporativa, Dress Code e formada em Protocolos Internacionais pela renomada The Protocol School of Washington. Referência em seu segmento, a consultora é palestrante e instrutora. Executa um trabalho estratégico e personalizado para empresas e pessoas que desejem melhorar sua imagem pessoal e profissional com o objetivo de se reposicionar na carreira ou se colocar de forma mais adequada nas diferentes situações do cotidiano. O olhar diferenciado, observador, sensível e profissional de Rachel Jordan é potencializado também por sua formação como artista plástica. Membro da Association of Image Consultants Internacional (AICI), tem especializações em História da Moda, Consultoria de Imagem, Produção de Moda, Comportamento, Etiqueta Social e Corporativa, Análise Cromática. Rachel Jordan estreia este mês (janeiro 2016) como colunista de moda, etiqueta e comportamento do site Mariana Kalil (marianakalil.com.br).

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Para estar junto não é preciso estar perto, e sim do lado de dentro. Estaremos te esperando, Chiquinho! Repost @chico_sperotto ♥️🐶🌞
  • • KARL LAGERFELD
10.09.1933 - 19.02.2019 🖤
•”Pense rosa. Mas não use".
•”Calça de moletom é sinal de fracasso. Você perdeu o controle sobre sua própria vida e comprou um moletom".
•”Eu acho tatuagem uma coisa horrorosa. É como viver o tempo todo em um vestido Pucci".
•”Meu maior luxo é não precisar me justificar para nenhuma pessoa.”
•”Gosto que tudo seja lavável. Eu mesmo, inclusive.”
•”Personalidade começa onde a comparação termina.”
•”As melhores coisas que fiz na minha vida, as vi nos meus sonhos. É por isso que tenho um caderno de rascunhos na minha cama.”
•”O politicamente correto, a preservação. Eu acho tudo isso extremamente chato.”
•”Coco Chanel jamais teria feito o que eu fiz. Ela teria odiado.”
•”Sou uma pessoa da moda e a moda não é somente sobre roupas. É sobre todos os tipos de mudança.”
•”Eu amo estar de passagem. Nasci em um porto, em Hamburgo. Então minha mãe disse: ‘É a porta do mundo, mas não é mais do que a porta. Portanto, já pra fora!’”.
#ripkarllagerfeld
  • - Dinda, entra no mar comigo?
- A dinda não gosta de mar gelado.
- Eu queria mergulhar com a dinda.
- Então a dinda vai te dar a maior prova de amor do mundo. E tu vai lembrar pra sempre, promete?
- Prometo, dinda.
E assim foi, e a lembrança eterna será de nós dois. #joaobenicio #amordadinda
  • Ensalada de Durazno: pêssego queimado, folhas verdes, queijo de cabra, pistache, cebola roxa e um molho vinagrete indescritível. Autor: @francismallmann @restaurantegarzon 👌🏻♥️🇺🇾 Detalhes no destaque do Stories
  • Leva um tempo até a gente perceber que por trás da figura de mãe existe também uma mulher como nós. Com gostos, desejos, anseios, vontades, expectativas, decepções. Não dizem que são nas viagens que a gente conhece profundamente a essência dos amores e amigos? Pois viagens também contribuem para aproximar mães e filhas no papel de duas mulheres adultas e companheiras. Em nossas viagens, mãe e eu convivemos com nossas imperfeições e fizemos mútuas descobertas – das profundas às mais comezinhas. Ela bebe pouca água; eu vivo com uma garrafa na mão. Ela critica a minha garrafa; eu critico a falta de água no organismo dela. Ela já planeja a Páscoa do ano que vem; eu ainda nem cheguei no próximo Natal. Ela não compreende a minha falta de planos; eu não entendo a ansiedade dela. Ela pensa em voz alta; eu reflito em silêncio. Ela diz pra eu falar alguma coisa; eu suplico que ela cale a boca por cinco minutos. Ela prefere o sol do meio-dia; eu prefiro o ar-condicionado. Ela diz que estou branca feito um bicho da goiaba; eu respondo que ela está laranja feito um nacho de Doritos. Agora estamos de novo aqui, juntas, em viagem, sentadas na grama da praça de José Ignacio. Que bom, né, mãe? Que bom que a vida nos concedeu este prazo para descobrir ainda a tempo o privilégio de passearmos juntas por aí e explorar como adultas esta delicada amizade — e o que existe de melhor em cada uma de nós. ♥️ #amordemãe #amordefilha #viajecomsuamãe
  • Né?! 👌🏻