Se a glândula Timo está feliz, o coração não ficará apertado

Quando a gente está triste, ou deprimida, ou chateada, ou frustrada, ou qualquer uma dessas coisas chatas que nos levam a pensar que aquela luz no fim do túnel é um trem em alta velocidade vindo em nossa direção, o coração aperta, vai dizer? Fica lá, pobrezinho, enroladinho, esturricado.

E COMO DÓI…

Não tenho nenhum problema ou vergonha de admitir que sentir essas coisas chatas faz parte da minha vida. Tem dias em que quero fechar a janela, tirar o telefone do gancho, desligar o celular, me desconectar da euforia dessas redes sociais, deitar na cama em posição fetal e ali ficar, no escuro, sem ver nada, sem ouvir nada e sem falar com ninguém.

BONS TEMPOS DE ALIENAÇÃO QUE NÃO VOLTAM

Confesso até que faço algo parecido, fecho a porta do quarto, deixo o computador, o telefone e tudo mais do lado de fora e me permito ficar um pouco quietinha. Mas ninguém está de férias, a vida corre lá fora – e é preciso reagir. Minhas reações costumam incluir ajudas físicas e também espirituais. A meditação é uma delas.

Dia desses, estava tristonha, peito apertado, corpo todo contraído, uma dor aguda no pescoço e nas costas. Minha massagista salvadora, estava no Uruguai comendo doce de leite Conaprole e não podia me atender. Recorri à dona Maria, indicada pela minha mãe. Dona Maria perguntou se eu conhecia a glândula Timo – e agora cheguei aonde queria.
– Já ouvi falar – respondi.
– Fica bem aqui – ela mostrou, tocando bem no meio do meu peito.
– Huuum.
– Dói? – ela perguntou, apertando.
– Não, só uma leve pressão. Por quê?
– A glândula Timo concentra todas as nossas emoções – contou dona Maria. – Tem pessoas que não deixam eu encostar, de tanta dor que sentem.

Saí de lá empenhada em saber mais sobre o Timo

thymusMUITO PRAZER, TIMO

Seu nome em grego é Thymus e significa “energia vital”. Cresce quando estamos contentes e encolhe pela metade quando estamos tristes e estressados. Fica minúscula quando adoecemos. Quando nascemos, é bem maior, depois vai encolhendo. É preciso estimulá-la. O Timo é um dos pilares do sistema imunológico. Se somos invadidos por micróbios ou toxinas, a glândula reage, produzindo células de defesa na mesma hora.

O Timo é também sensível a imagens, cores, luzes, cheiros, sabores, gestos, palavras, pensamentos… Dizem que ideias negativas têm mais poder maléfico sobre a glândula do que vírus e bactérias. E quer saber? Acredito. A expressão “fiquei de coração apertado” revela uma situação real do Timo, que, por reflexo, envolve o coração – que acabou levando a fama.

O bom é que dá pra exercitar o Timo – eu já estou fazendo isso. Sempre pela manhã ou à noite, antes de dormir.

bento1124MAIS UM RITUAL PRA CONTA

1) Fique de pé, os joelhos levemente dobrados. A distância entre os pés deve ser a mesma dos ombros. Ponha o peso do corpo sobre os dedos e não sobre o calcanhar, e mantenha toda a musculatura bem relaxada.

2) Feche qualquer uma das mãos e comece a dar pancadinhas contínuas com os nós dos dedos no centro do peito, marcando o ritmo assim: uma forte e duas fracas; uma forte e duas fracas. Continue entre três e cinco minutos, respirando calmamente, enquanto observa a vibração produzida em toda a região torácica. O exercício estará atraindo sangue e energia para o timo, fazendo-o crescer em vitalidade e beneficiando também pulmões, coração, brônquios e garganta.

Eu juro que muda a vida!

bento1124A GENTE JURA QUE ACREDITA

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

8 Comentários
  1. Mariana é verdade o que será que acontece…olho nesses blogs mulheres impecáveis mas será que nem a assistente da Carine Roitfeld pode ter sua falta de inspiração?bjos

  2. Mariana é verdade o que será que acontece…olho nesses blogs mulheres impecáveis mas será que nem a assistente da Carine Roitfeld pode ter sua falta de inspiração?bjos

  3. Mariana, a bela e chiquérrima correspondente da Globo em NY, Giuliana Morrone, deu entrevista ontem no Manhattan Connection para um duo babão – Lucas Mendes e Caio Blinder – e o mais impecável, charmoso e descolado personagem global de NY e do mundo, Pedro Andrade, onde ela “diz” que pode sim ter tudo: ela namora, tem um filho de 14 anos bem resolvido, trabalha e tá sempre elegante e linda. É mole? Então, tá, vamos continuar tentando…

  4. Mariana, a bela e chiquérrima correspondente da Globo em NY, Giuliana Morrone, deu entrevista ontem no Manhattan Connection para um duo babão – Lucas Mendes e Caio Blinder – e o mais impecável, charmoso e descolado personagem global de NY e do mundo, Pedro Andrade, onde ela “diz” que pode sim ter tudo: ela namora, tem um filho de 14 anos bem resolvido, trabalha e tá sempre elegante e linda. É mole? Então, tá, vamos continuar tentando…

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Para estar junto não é preciso estar perto, e sim do lado de dentro. Estaremos te esperando, Chiquinho! Repost @chico_sperotto ♥️🐶🌞
  • • KARL LAGERFELD
10.09.1933 - 19.02.2019 🖤
•”Pense rosa. Mas não use".
•”Calça de moletom é sinal de fracasso. Você perdeu o controle sobre sua própria vida e comprou um moletom".
•”Eu acho tatuagem uma coisa horrorosa. É como viver o tempo todo em um vestido Pucci".
•”Meu maior luxo é não precisar me justificar para nenhuma pessoa.”
•”Gosto que tudo seja lavável. Eu mesmo, inclusive.”
•”Personalidade começa onde a comparação termina.”
•”As melhores coisas que fiz na minha vida, as vi nos meus sonhos. É por isso que tenho um caderno de rascunhos na minha cama.”
•”O politicamente correto, a preservação. Eu acho tudo isso extremamente chato.”
•”Coco Chanel jamais teria feito o que eu fiz. Ela teria odiado.”
•”Sou uma pessoa da moda e a moda não é somente sobre roupas. É sobre todos os tipos de mudança.”
•”Eu amo estar de passagem. Nasci em um porto, em Hamburgo. Então minha mãe disse: ‘É a porta do mundo, mas não é mais do que a porta. Portanto, já pra fora!’”.
#ripkarllagerfeld
  • - Dinda, entra no mar comigo?
- A dinda não gosta de mar gelado.
- Eu queria mergulhar com a dinda.
- Então a dinda vai te dar a maior prova de amor do mundo. E tu vai lembrar pra sempre, promete?
- Prometo, dinda.
E assim foi, e a lembrança eterna será de nós dois. #joaobenicio #amordadinda
  • Ensalada de Durazno: pêssego queimado, folhas verdes, queijo de cabra, pistache, cebola roxa e um molho vinagrete indescritível. Autor: @francismallmann @restaurantegarzon 👌🏻♥️🇺🇾 Detalhes no destaque do Stories
  • Leva um tempo até a gente perceber que por trás da figura de mãe existe também uma mulher como nós. Com gostos, desejos, anseios, vontades, expectativas, decepções. Não dizem que são nas viagens que a gente conhece profundamente a essência dos amores e amigos? Pois viagens também contribuem para aproximar mães e filhas no papel de duas mulheres adultas e companheiras. Em nossas viagens, mãe e eu convivemos com nossas imperfeições e fizemos mútuas descobertas – das profundas às mais comezinhas. Ela bebe pouca água; eu vivo com uma garrafa na mão. Ela critica a minha garrafa; eu critico a falta de água no organismo dela. Ela já planeja a Páscoa do ano que vem; eu ainda nem cheguei no próximo Natal. Ela não compreende a minha falta de planos; eu não entendo a ansiedade dela. Ela pensa em voz alta; eu reflito em silêncio. Ela diz pra eu falar alguma coisa; eu suplico que ela cale a boca por cinco minutos. Ela prefere o sol do meio-dia; eu prefiro o ar-condicionado. Ela diz que estou branca feito um bicho da goiaba; eu respondo que ela está laranja feito um nacho de Doritos. Agora estamos de novo aqui, juntas, em viagem, sentadas na grama da praça de José Ignacio. Que bom, né, mãe? Que bom que a vida nos concedeu este prazo para descobrir ainda a tempo o privilégio de passearmos juntas por aí e explorar como adultas esta delicada amizade — e o que existe de melhor em cada uma de nós. ♥️ #amordemãe #amordefilha #viajecomsuamãe
  • Né?! 👌🏻