Como alguns detalhes podem transformar roupa de trabalho em look cheio de estilo

Mesmo em ambientes corporativos mais descolados e informais, algumas regras de dress code ficam implícitas. É preciso ter bom senso e sensibilidade para entender os limites e as mensagens de cada empresa na hora de escolher o look de trabalho. Saber equilibrar as regras de vestimentas sem perder seu estilo pessoal ou entrar em choque com sua personalidade é um desafio.

Nada que não possamos resolver com criatividade, bom gosto e equilíbrio. Do modelo de óculos modernos à escolha de cores mais vivas, passando pelas misturas de peças casuais, descoladas e clássicas, sem contar a opção certa num belo par de sapatos, vale investir para ter um visual com a sua marca pessoal.

Mas cuidado com os exageros, apesar da flexibilidade no dress code das empresas, não se esqueça que ali é o seu local de trabalho. Deixe as peças mais ousadas para os finais de semana e encontros com amigos. Assim você não comete nenhuma derrapada no ambiente profissional. Atenção também para a maquiagem, neste caso menos será sempre mais.

+AMIGA MARI ensina a montar looks modernos, elegantes e profissionais para o ambiente de trabalho

O mais importante é você entender que saber escolher um look para o trabalho é muito mais do que criar diferentes facetas de composição e estilo. É investir na sua autoestima. Atitudes como essa podem te ajudar a melhorar sua performance profissional e trazer ótimos resultados para o seu crescimento.

Separei algumas dicas, truques e ideias essenciais para te ajudar a resolver essa questão que, para muitas de nós, é um problema.

Óculos descolados
Se você usa óculos de grau, que tal ousar um pouco no modelo da armação? Os óculos não precisam seguir um padrão clássico e formal. Pense que esse acessório estará em seu rosto na maior parte do tempo. Logo, investir em um modelo diferente causará, certamente, outra impressão.

As armações maiores e grossas estão na moda. E se o ambiente for descolado também, as cores são bem-vindas.

oculos1Por que não sair do preto ou cinza super básico e investir em óculos com armações vermelhas, verdes, estampadas? Em meio a tantas opções, seus óculos podem corresponder muito bem ao seu estilo.

Invista nas cores
E por falar em cor, um ambiente mais informal de trabalho permite que você se libere do uso de tons sóbrios e neutros, abrindo a oportunidade de investir em cores mais vibrantes. Amarelo, vermelho, laranja, pink, azul aberto e verde claro são cores que podem ser usadas tanto em peças da parte de cima (camisas, blusas e blazers) como nas de baixo (calças e saias).

Lembre-se que o toque de informalidade é dado ao combinar algumas cores vivas com tons neutros, como preto ou branco.

monocromatico5Looks monocromáticos também são outra opção que, além de ser uma tendência atualmente, ajudam a alongar a sua silhueta.

Misture clássicos com peças descoladas
O mix diferenciado é bastante válido quando o ambiente de trabalho é mais informal. Mas nem por isso você precisa deixar de fora os seus blazers e camisas mais sérias: essas peças são bem-vindas e podem ser combinadas com calças casuais e despojadas, quebrando a seriedade do look.

seda8CAMISA DE SEDA
Outra peça clássica que tem um ar mais moderno são as camisas de seda. Você tem alguma em seu armário? Caso não tenha, é um bom investimento a ser feito.

flare4CALÇA FLARE
As calças tipo flare são mais uma boa pedida. Elas transmitem a impressão mais formal ao look e são ótimas opções para definir a silhueta com um toque de feminilidade. Nesse caso, que tal combiná-las com camisas de cores mais fortes ou estampadas?

De olho nos pés
Por mais que o ambiente seja informal, em situações como uma reunião, o mais indicado é evitar os sapatos abertos (que deixam os seus dedos à mostra).

oxfordAs sapatilhas e oxfords substituem tranquilamente os saltos. Existem modelos lindos e super chiques.MOCASSIM1Mocassins também são boas opções para aliar o conforto nos pés à elegância. Mesmo em um estilo casual.

Uma aliada importante e fundamental para fazer frente aos sapatos é uma bela bolsa. Não se esqueça que ela pode dar aquele up fundamental ao seu look.

Compartilhar
Rachel Jordan

Rachel Jordan

Consultora de Imagem, Rachel Jordan é especializada em Comportamento, Moda, Etiqueta Social e Corporativa, Dress Code e formada em Protocolos Internacionais pela renomada The Protocol School of Washington. Referência em seu segmento, a consultora é palestrante e instrutora. Executa um trabalho estratégico e personalizado para empresas e pessoas que desejem melhorar sua imagem pessoal e profissional com o objetivo de se reposicionar na carreira ou se colocar de forma mais adequada nas diferentes situações do cotidiano. O olhar diferenciado, observador, sensível e profissional de Rachel Jordan é potencializado também por sua formação como artista plástica. Membro da Association of Image Consultants Internacional (AICI), tem especializações em História da Moda, Consultoria de Imagem, Produção de Moda, Comportamento, Etiqueta Social e Corporativa, Análise Cromática. Rachel Jordan estreia este mês (janeiro 2016) como colunista de moda, etiqueta e comportamento do site Mariana Kalil (marianakalil.com.br).

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Meu pai, meu norte, minha serenidade, minha calmaria, meu aconchego, meu alicerce, minha certeza, minha paz, minha alma. Meu baba, minha estrutura, minha vida. ❤️
  • À sombra dos Trompetes dos Anjos. #angelstrumpet #gettygarden #gettymuseum
  • Sob a luz do entardecer no Píer de Santa Monica, a confiança de que está tudo em seu devido lugar. ✨ #sunshine #vibration #california #bepositive
  • Foco, força, fé e meus dois anjos da guarda. #baba #mami #bepositive
  • No ventre de uma mãe, havia dois bebês. 
Um perguntou ao outro: “Você acredita em vida após o parto?" O outro respondeu: “É claro! Tem que haver algo após o parto. Talvez nós estejamos aqui para nos preparar para o que virá mais tarde. “Bobagem", disse o primeiro. “Que tipo de vida seria esta?". O segundo disse: “Eu não sei, mas haverá mais luz do que aqui. Talvez nós poderemos andar com as nossas próprias pernas e comer com nossas bocas. Talvez teremos outros sentidos que não podemos entender agora." O primeiro retrucou: “Isto é um absurdo. O cordão umbilical nos fornece nutrição e tudo o mais de que precisamos. O cordão umbilical é muito curto. A vida após o parto está fora de cogitação." O segundo insistiu: “Bem, eu acho que há alguma coisa e talvez seja diferente do que é aqui. Talvez a gente não vá mais precisar deste tubo físico". O primeiro contestou: “Bobagem! E além disso, se há realmente vida após o parto, então, por que ninguém jamais voltou de lá?". “Bem, eu não sei", disse o segundo, “mas certamente vamos encontrar a Mamãe e ela vai cuidar de nós." O primeiro respondeu: “Mamãe? Você realmente acredita em Mamãe? Isto é ridículo. Se a Mamãe existe, então, onde ela está agora?" O segundo disse: “Ela está ao nosso redor. Estamos cercados por ela. Nós somos dela. É nela que vivemos. Sem ela este mundo não seria e não poderia existir." Disse o primeiro: “Bem, eu não posso vê-la. Então, é lógico que ela não existe." Ao que o segundo respondeu: “Às vezes, quando você está em silêncio, se você se concentrar e realmente ouvir, poderá perceber a presença dela e ouvir sua voz amorosa".
✨✨✨
Esta foi a forma com a qual um escritor húngaro explicou a existência de Deus. #amordemae #mamieeu
  • Às vezes, @chico_sperotto consegue me pegar no flagra. #meditandonarede 🙌🏻