A onda Royal Chic toma conta de uma moda mais conectada com a vida real

Coque podrinho, camiseta podrinha… O termo “podrinho” há muitas estações mostra-se onipresente na moda. Pois eis que nesta estação anda relegado a segundo plano. Só o que se fala e se vê agora é uma fortíssima onda de realeza, a tendência Royal Chic, tomando de assalto roupas e acessórios das mais conceituadas coleções.

Grifes luxuosas como Louis Vuitton, Prada e Christian Louboutin embarcaram no luxo e na sofisticação. Segundo especialistas em moda e tendências, trata-se de um movimento da indústria que vem sendo embalado pelo sucesso das séries de TV sobre personagens da realeza e também pela presença de integrantes das coroas “de verdade” em ambientes ligados ao universo fashion.

royal-elizabethA RAINHA ELIZABETH AO LADO DA EDITORA DA VOGUE ANNA WINTOUR NA LFW
Nunca antes na história da Inglaterra, a representante máxima da coroa havia sentado na primeira fila de um desfile de moda

royal-sobrinha-dianaLADY KITTY SPENCER, SOBRINHA DA PRINCESA DIANA
Estrela máxima do desfile de Dolce & Gabbana em Milão

royal-kate1KATE MIDDLETON NO PALÁCIO DE BUCKINGHAM
A Duquesa de Cambridge abriu as portas do Palácio de Buckingham para apresentar a Commonwealth Fashion Exchange, iniciativa apoiada por ela e que recebeu convidados como a estilista Stella McCartney e outros nomes importantes da moda

A proximidade da data do casamento do príncipe Harry com a atriz Meghan Markle é a cereja do bolo da nova mania Royal Chic.

meghan-e-harryHARRY & MEGHAN: CASAMENTO DO ANO EM 19 DE MAIO
Atriz, divorciada, ativista e feminista, a noiva traz para o conto de fadas da realeza um toque de realidade que inspira a atual onda royal chic

royal-louis-vuitton2DESFILE OUTONO INVERNO 2018 DA LOUIS VUITTON
Redingote bordado usado com short de ginástica e tênis: a grife faz sua interpretação da realeza dos tempos modernos

royal-prada-shoes-1DETALHE DOS SAPATOS DO DESFILE DA PRADA
Aplicações de ouro falso sobre cores marcantes

Rei dos sapatos que viram a cabeça da Coroa e da plebe, Christian Louboutin oferece mil e uma possibilidades de tendência royal chic em suas criações. Espia só!

royal-louboutinroyal-louboutin2royal-louboutin3royal-louboutin4royal-louboutin6royal-louboutin7

Joias e bijus também ganham essa conotação “mais é mais” e lembram os lustres do Castelo de Versalhes. Trata-se da moda do brinco conhecido como Chandelier, que eu já havia escrito a respeito neste post: Brinco Chandelier pega carona na tendência royal chic e volta à ordem do dia.

chandelierMODELO CHANDELIER
Personificação do luxo no mundo das joias e bijus

Se curte séries de realeza, selecionei alguns títulos em cartaz no Netflix e em outros serviços de TV streaming. E antes de me despedir, deixo o convite pra me seguir no Instagram: @mari_kalil

the-crownTHE CROWN
Série de televisão de drama biográfico sobre o reinado da Rainha Elizabeth II do Reino Unido (NETFLIX)

versailles_canal_plusVERSAILLES
Luís XIV é um jovem rei, mimado e prepotente. Para provar a opulência de seu reinado, ele transfere a sede da coroa para Versailles, dando início a uma das fases mais glamourosas e cruéis da história (GNT PLAY)

victoriaVITÓRIA: A VIDA DE UMA RAINHA
A monarquia britânica entra em crise após a morte do rei sem herdeiros. O peso da coroa recai sobre uma jovem de apenas 18 anos, que comandará o império (GNT PLAY)

isabelISABEL, A RAINHA DE CASTELA
Série conta a história de Isabel, A Rainha de Castela. Vivida por Michelle Jenner, Isabel não estava na linha de sucessão ao trono, mas o destino a transformou numa peça fundamental para o reino. (GLOBOSAT PLAY)

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Para estar junto não é preciso estar perto, e sim do lado de dentro. Estaremos te esperando, Chiquinho! Repost @chico_sperotto ♥️🐶🌞
  • • KARL LAGERFELD
10.09.1933 - 19.02.2019 🖤
•”Pense rosa. Mas não use".
•”Calça de moletom é sinal de fracasso. Você perdeu o controle sobre sua própria vida e comprou um moletom".
•”Eu acho tatuagem uma coisa horrorosa. É como viver o tempo todo em um vestido Pucci".
•”Meu maior luxo é não precisar me justificar para nenhuma pessoa.”
•”Gosto que tudo seja lavável. Eu mesmo, inclusive.”
•”Personalidade começa onde a comparação termina.”
•”As melhores coisas que fiz na minha vida, as vi nos meus sonhos. É por isso que tenho um caderno de rascunhos na minha cama.”
•”O politicamente correto, a preservação. Eu acho tudo isso extremamente chato.”
•”Coco Chanel jamais teria feito o que eu fiz. Ela teria odiado.”
•”Sou uma pessoa da moda e a moda não é somente sobre roupas. É sobre todos os tipos de mudança.”
•”Eu amo estar de passagem. Nasci em um porto, em Hamburgo. Então minha mãe disse: ‘É a porta do mundo, mas não é mais do que a porta. Portanto, já pra fora!’”.
#ripkarllagerfeld
  • - Dinda, entra no mar comigo?
- A dinda não gosta de mar gelado.
- Eu queria mergulhar com a dinda.
- Então a dinda vai te dar a maior prova de amor do mundo. E tu vai lembrar pra sempre, promete?
- Prometo, dinda.
E assim foi, e a lembrança eterna será de nós dois. #joaobenicio #amordadinda
  • Ensalada de Durazno: pêssego queimado, folhas verdes, queijo de cabra, pistache, cebola roxa e um molho vinagrete indescritível. Autor: @francismallmann @restaurantegarzon 👌🏻♥️🇺🇾 Detalhes no destaque do Stories
  • Leva um tempo até a gente perceber que por trás da figura de mãe existe também uma mulher como nós. Com gostos, desejos, anseios, vontades, expectativas, decepções. Não dizem que são nas viagens que a gente conhece profundamente a essência dos amores e amigos? Pois viagens também contribuem para aproximar mães e filhas no papel de duas mulheres adultas e companheiras. Em nossas viagens, mãe e eu convivemos com nossas imperfeições e fizemos mútuas descobertas – das profundas às mais comezinhas. Ela bebe pouca água; eu vivo com uma garrafa na mão. Ela critica a minha garrafa; eu critico a falta de água no organismo dela. Ela já planeja a Páscoa do ano que vem; eu ainda nem cheguei no próximo Natal. Ela não compreende a minha falta de planos; eu não entendo a ansiedade dela. Ela pensa em voz alta; eu reflito em silêncio. Ela diz pra eu falar alguma coisa; eu suplico que ela cale a boca por cinco minutos. Ela prefere o sol do meio-dia; eu prefiro o ar-condicionado. Ela diz que estou branca feito um bicho da goiaba; eu respondo que ela está laranja feito um nacho de Doritos. Agora estamos de novo aqui, juntas, em viagem, sentadas na grama da praça de José Ignacio. Que bom, né, mãe? Que bom que a vida nos concedeu este prazo para descobrir ainda a tempo o privilégio de passearmos juntas por aí e explorar como adultas esta delicada amizade — e o que existe de melhor em cada uma de nós. ♥️ #amordemãe #amordefilha #viajecomsuamãe
  • Né?! 👌🏻