AMIGA MARI ensina a criar looks modernos, elegantes e profissionais para o trabalho

Terninho de executiva e scarpin: houve um tempo não muito distante em que só esta ideia de figurino vinha à cabeça quando falava-se em look de trabalho (Workwear). Hoje em dia, com o flerte cada vez mais apaixonado da moda esportiva com o ambiente urbano, abriu-se um leque de possibilidades de combinações. Amiga Mari pega carona na pergunta enviada pela leitora de São Paulo, Flávia Abujamra.

“Oi, Mari
Trabalho em uma empresa multinacional e o estilo blazer, calça e sapato de bico fino não faz minha cabeça. Me ajuda a criar looks mais modernos, jovens e despojados para o momento office?”

Claro, Flávia. Tenho certeza que minha resposta à tua pergunta será de grande valia para muitas mulheres nesta mesma situação. Selecionei algumas peças-chave para inovar no visual workwear. Vamos ver?

responde-bomberJAQUETA BOMBER
Este estilo de jaqueta teve seu ápice no inverno e permanecerá na próxima estação. Portanto, se quiser aproveitar a temporada de liquidações para adquirir algum modelo, vá em frente. Por si só já tem um estilo super moderno que substitui com frescor e jovialidade o blazer. Pode ser usada com calça de alfaiataria, com saia lápis e qualquer outro modelo de calça ou saia. Prefira bomber de cores neutras e clássicas e tecidos sofisticados.

responde-cintoBLAZER ACINTURADO
O blazer é aquela peça coringa do guarda-roupa da mulher executiva e não precisa ser visto com maus olhos por quem deseja inovar nos looks. Um truque de estilo muito bacana é usar cintos finos e médios marcando a cintura alta do blazer fechado.

responde-clochardCALÇA CLOCHARD
Saiba desde já que este é o modelo de calça que vai tomar conta da próxima estação. Todas as marcas tratam de colocar a clochard (antes conhecida como cenoura) em suas coleções de primavera-verão. Com cintura mais alta e modelagem propositalmente mais ampla no quadril e boca afunilada, ela pede um lindo sapato, uma camisa e só.

responde-coleteCOLETE DE ALFAIATARIA
O colete é peça essencial para o ambiente corporativo. Ele tem várias vantagens: deixa o visual mais elegante, esconde gordurinhas, alonga a silhueta e mostra que a mulher que o veste está antenadíssima na moda. Os modelos de alfaiataria ficam lindos com calça jogging e fazem esta fusão entre os looks clássico e esportivo.

responde-gravatariaESTAMPA GRAVATARIA
Ela é pouquíssima explorada e ultra sofisticada.
Pode ser vista nesta camisa de seda (e olha o colete mais uma dando aquele acabamento no visual!). A gravataria é padronagem mais do que bem-vinda em ambientes corporativos e pode ser usada em todas as peças do guarda-roupa.

responde-listrasLISTRAS
Não devem faltar no closet porque transitam em todos os ambientes, incluindo o de trabalho. Terninho com blusa de listras, calça e blazer com camisa de listras: o que importa é acrescentar essa ideia para um look navy corporativo.

responde-metalicoPONTOS DE LUZ METÁLICOS
Para quebrar a formalidade, pense em investir na ideia de um calçado metálico. Pode ser scarpin, oxford ou mocassim. Ele confere muita informação de moda e traz frescor aos ambientes formais.

responde-pantacourtCALÇA CROPPED
Ela ainda não convenceu 100% a mulher brasileira, mas eu insisto: é uma super aliada, sobretudo em temperaturas mais altas e como recurso a quem não curte tanto usar saia. A cropped substitui com muita propriedade os modelos de calças de alfaiataria mais tradicionais e ficam super charmosas com scarpin. Possuem tanto estilo que podem ir trabalhar até mesmo com jaqueta jeans.

responde-tenisTÊNIS
Desde que Karl Lagerfeld colocou na passarela suas manequins Chanel com tênis e vestido de festa, ele tornou-se parceiro inseparável e eterno da mulher com vida urbana e corrida. É crescente o número de marcas, como a Adidas, que criam a cada nova estação os seus modelos tem-que-ter. Usado com um traje bem cortado, tem permissão total para ir para o escritório. Lembre-se sempre, no entanto, de caprichar na formalidade do look para que o tênis faça um feliz contraponto.

responde-vintageCAMISETA VINTAGE
Você curte o terninho, mas quer dar um ar mais despojado a ele, certo? Jogue-se de cabeça nas camisetas com estampas vintage. Fica um charme!

responde-xadrezXADREZ
Clássica estampa, sobretudo nas cores PB, ele dá um refresco nos looks diários e pode ser implementado como padronagem de casacos, saias, camisas, blazers… Xadrez é vida no ambiente de trabalho!

Já me segue no Insta e nos Stories? Então vem fazer parte da nossa Turma da Mari! Só clicar: @mari_kalil

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

2 Comentários
  1. Curto suas postagens, tenho sessenta e cinco anos de bem com meu corpo alma,frequentadora assídua de musculação, o que me deixa aborrecida é que pensam que idoso tem que ser deselegante, adoro arrojo rs, você tem medado dicas valiosas. Obrigada! Se fui inspiração de gerações futura, hoje você me inspira .Obrigada

  2. Os looks sao lindos e fáceis de combinar.
    Mas, pessoalmente tenho dificuldade de encontrar. Uma dica legal seria também saber onde podemos encontrar as peças apresentadas no look

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Para estar junto não é preciso estar perto, e sim do lado de dentro. Estaremos te esperando, Chiquinho! Repost @chico_sperotto ♥️🐶🌞
  • • KARL LAGERFELD
10.09.1933 - 19.02.2019 🖤
•”Pense rosa. Mas não use".
•”Calça de moletom é sinal de fracasso. Você perdeu o controle sobre sua própria vida e comprou um moletom".
•”Eu acho tatuagem uma coisa horrorosa. É como viver o tempo todo em um vestido Pucci".
•”Meu maior luxo é não precisar me justificar para nenhuma pessoa.”
•”Gosto que tudo seja lavável. Eu mesmo, inclusive.”
•”Personalidade começa onde a comparação termina.”
•”As melhores coisas que fiz na minha vida, as vi nos meus sonhos. É por isso que tenho um caderno de rascunhos na minha cama.”
•”O politicamente correto, a preservação. Eu acho tudo isso extremamente chato.”
•”Coco Chanel jamais teria feito o que eu fiz. Ela teria odiado.”
•”Sou uma pessoa da moda e a moda não é somente sobre roupas. É sobre todos os tipos de mudança.”
•”Eu amo estar de passagem. Nasci em um porto, em Hamburgo. Então minha mãe disse: ‘É a porta do mundo, mas não é mais do que a porta. Portanto, já pra fora!’”.
#ripkarllagerfeld
  • - Dinda, entra no mar comigo?
- A dinda não gosta de mar gelado.
- Eu queria mergulhar com a dinda.
- Então a dinda vai te dar a maior prova de amor do mundo. E tu vai lembrar pra sempre, promete?
- Prometo, dinda.
E assim foi, e a lembrança eterna será de nós dois. #joaobenicio #amordadinda
  • Ensalada de Durazno: pêssego queimado, folhas verdes, queijo de cabra, pistache, cebola roxa e um molho vinagrete indescritível. Autor: @francismallmann @restaurantegarzon 👌🏻♥️🇺🇾 Detalhes no destaque do Stories
  • Leva um tempo até a gente perceber que por trás da figura de mãe existe também uma mulher como nós. Com gostos, desejos, anseios, vontades, expectativas, decepções. Não dizem que são nas viagens que a gente conhece profundamente a essência dos amores e amigos? Pois viagens também contribuem para aproximar mães e filhas no papel de duas mulheres adultas e companheiras. Em nossas viagens, mãe e eu convivemos com nossas imperfeições e fizemos mútuas descobertas – das profundas às mais comezinhas. Ela bebe pouca água; eu vivo com uma garrafa na mão. Ela critica a minha garrafa; eu critico a falta de água no organismo dela. Ela já planeja a Páscoa do ano que vem; eu ainda nem cheguei no próximo Natal. Ela não compreende a minha falta de planos; eu não entendo a ansiedade dela. Ela pensa em voz alta; eu reflito em silêncio. Ela diz pra eu falar alguma coisa; eu suplico que ela cale a boca por cinco minutos. Ela prefere o sol do meio-dia; eu prefiro o ar-condicionado. Ela diz que estou branca feito um bicho da goiaba; eu respondo que ela está laranja feito um nacho de Doritos. Agora estamos de novo aqui, juntas, em viagem, sentadas na grama da praça de José Ignacio. Que bom, né, mãe? Que bom que a vida nos concedeu este prazo para descobrir ainda a tempo o privilégio de passearmos juntas por aí e explorar como adultas esta delicada amizade — e o que existe de melhor em cada uma de nós. ♥️ #amordemãe #amordefilha #viajecomsuamãe
  • Né?! 👌🏻