Ótimos truques para não errar na criação de um lindo arranjo de mesa

Quase tão importante quanto o menu que será servido é pensar em como será a decoração da mesa para uma ocasião especial. Além de toalhas, talheres e aparelho de jantar, outro item que merece atenção redobrada é o arranjo de mesa. Afinal, de nada adianta ser lindo se dificulta a comunicação entre os convidados, vai dizer?

– Em geral, o arranjo de mesa é sempre maior do que precisa. Os modelos grandes funcionam melhor em um aparador, por exemplo – ensina a consultora de etiqueta Claudia Matarazzo.

Para te ajudar, enumeramos quatro truques para você escolher direitinho o arranjo que mais combina com o seu evento. Espia!

flores-centro-mesa-620-04_6567919452377562950EVITE ARRANJOS ENORMES

À primeira vista, eles até parecem mais bonitos e conferem um glamour extra à decoração, mas basta que os convidados sentem à mesa para que o anfitrião perceba que a escolha não foi tão boa assim. Prefira arranjos menores, com até 30 centímetros de altura. Para ver se funciona, faça o teste: você consegue enxergar bem a pessoa do outro lado da mesa? Se a resposta for sim, é só optar pela composição que mais lhe agrada.

arranjo-de-mesa-alto-de-flores-amarelas-casamento-ilana-luiz-andreARRANJO MAIS IMPONENTE? ATENÇÃO AO SUPORTE!

Se você faz questão de um arranjo maior, a dica é investir em um suporte que seja alto o suficiente para que deixe as flores em uma altura superior a dos convidados sentados. Em casas de decoração, opções é o que não faltam – e incluem vasos, garrafas e outros. Tome cuidado também para não escolher um suporte muito grande.

b6c8c441874d2359322c3f90b63cfe20NADA DE PERFUMES FORTES

Para não interferir no odor dos pratos que serão servidos – e atrapalhar a degustação dos convidados, opte por flores com pouco ou sem nenhum perfume. Lembre-se também que há muitas pessoas que têm alergias e, nesse caso, passariam o jantar inteiro espirrando. Rosas e lírios – exceto os de cor branca – são boas opções, mas vale avaliar com seu florista quais são as plantas da estação.

roses-in-recycled-asian-food-packagingA GRANA ESTÁ CURTA? RECICLE!

Quem já organizou um casamento ou formatura sabe: parece bobagem, mas flores são caras. Dependendo do suporte escolhido então, mesmo que alugado, pode pesar no orçamento do seu evento – ou até mesmo na hora de escolher um vaso bonito para decorar a sala naqueles jantares bacanas com a família. É por isso que vale a pena separar algumas horas de seu final de semana e exercitar a criatividade para criar seu próprio arranjo. Que tal utilizar belas garrafas que você tem em casa como vaso para aquelas flores do campo, ou latinhas de chás que terminaram? E lembra daquele pote de vidro meio sem uso no fundo da estante? Com pérolas falsas ou pedrinhas coloridas dentro, você pode compor um belo arranjo para a mesa da sala. Quer mais? Com laços e outros ornamentos, como cordas, é possível montar um arranjo mais rústico que funciona bem para aquela festa no jardim – e o melhor, feito por você.

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

2 Comentários

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Meu pai, meu norte, minha serenidade, minha calmaria, meu aconchego, meu alicerce, minha certeza, minha paz, minha alma. Meu baba, minha estrutura, minha vida. ❤️
  • À sombra dos Trompetes dos Anjos. #angelstrumpet #gettygarden #gettymuseum
  • Sob a luz do entardecer no Píer de Santa Monica, a confiança de que está tudo em seu devido lugar. ✨ #sunshine #vibration #california #bepositive
  • Foco, força, fé e meus dois anjos da guarda. #baba #mami #bepositive
  • No ventre de uma mãe, havia dois bebês. 
Um perguntou ao outro: “Você acredita em vida após o parto?" O outro respondeu: “É claro! Tem que haver algo após o parto. Talvez nós estejamos aqui para nos preparar para o que virá mais tarde. “Bobagem", disse o primeiro. “Que tipo de vida seria esta?". O segundo disse: “Eu não sei, mas haverá mais luz do que aqui. Talvez nós poderemos andar com as nossas próprias pernas e comer com nossas bocas. Talvez teremos outros sentidos que não podemos entender agora." O primeiro retrucou: “Isto é um absurdo. O cordão umbilical nos fornece nutrição e tudo o mais de que precisamos. O cordão umbilical é muito curto. A vida após o parto está fora de cogitação." O segundo insistiu: “Bem, eu acho que há alguma coisa e talvez seja diferente do que é aqui. Talvez a gente não vá mais precisar deste tubo físico". O primeiro contestou: “Bobagem! E além disso, se há realmente vida após o parto, então, por que ninguém jamais voltou de lá?". “Bem, eu não sei", disse o segundo, “mas certamente vamos encontrar a Mamãe e ela vai cuidar de nós." O primeiro respondeu: “Mamãe? Você realmente acredita em Mamãe? Isto é ridículo. Se a Mamãe existe, então, onde ela está agora?" O segundo disse: “Ela está ao nosso redor. Estamos cercados por ela. Nós somos dela. É nela que vivemos. Sem ela este mundo não seria e não poderia existir." Disse o primeiro: “Bem, eu não posso vê-la. Então, é lógico que ela não existe." Ao que o segundo respondeu: “Às vezes, quando você está em silêncio, se você se concentrar e realmente ouvir, poderá perceber a presença dela e ouvir sua voz amorosa".
✨✨✨
Esta foi a forma com a qual um escritor húngaro explicou a existência de Deus. #amordemae #mamieeu
  • Às vezes, @chico_sperotto consegue me pegar no flagra. #meditandonarede 🙌🏻